Pegar no Pé

Em pleno 2017, você, uma mulher independente, bem resolvida, vai ficar mesmo pegando no pé de homem? ( peguete, ficante, namorado, namorido, noivo, marido, amante….como você quiser chamar.

Cafona, ficar perseguindo, grudar. Nossa ! Cada um tem a sua vida, cheia de coisas para serem feitas, sabia? E Limite, né? É uma para palavra que pode ter definições diferentes para cada um.

Já estive em um relacionamento com uma pessoa pegajosa, ciumenta, possessiva. A coisa era tão doente, que se eu deixasse de atender no segundo toque do celular era o fim dos tempos. Como eu consegui isso??? Olha, acho que no começo a gente acaba achando grude fofo. Depois, ter que ficar respondendo onde está, que horas vai voltar, quando você mal chegou na casa da sua melhor amiga, vira paranoia.

Putz!!! Me sentia como se ele tivesse invadindo aquele programa. E a sensação de alguém estar seguindo seus passos? Controle é uma palavra que, pra mim, deveria ser abolida do universo.

Não estou querendo que relações terminem mas, acho que tolerar, dar um refresco é importante. Sei que, as vezes, nossos turbilhoes de hormônios resolvem correr pelas veias , destruir nosso bom senso e nos transformar em verdadeiros monstros chatos e pegamos no pé.

Mas tem que ficar atenta, sem pressão, escândalos e barracos. Isso é um inferno. Ficou desconfortável, insegura com alguma situação, bate um papo. Homens não conseguem adivinhar nossos pensamentos.

Sabe o que cai super bem para pegar no pé? Tênis. Esse sim, eu uso e abuso do limite de usar. Em todos os lugares, vários looks. Pra mim, não existe lugar que um tênis não possa ir.

Aquela mulher independente, descolada e confiante deve sim, “ pegar” carona no estilo despojado. Dê personalidade ao seu dia a dia. Limite e controle são duas palavras desconhecidas para essa tendência.

Combinam com tudo e eu acho que dá um humor na circunstância. Além de mega confortáveis. Está com dúvidas? Existem várias blogueiras com ótimas sugestões de combinações fashion para se inspirarem.

Convencida que fora tênis, pegar no pé é uma chateação? Como vovó dizia, ficar no pé 24h por dia não adianta nada. Vamos impressionar com personalidade própria. Esquecer que tênis está relacionado ao mundo fitness e criar looks cheios de estilo.

Eu sei, que compromisso não é tarefa fácil e que abrir mão dos prazeres da vida de solteiro é beeeem complicado. Mas a pior maneira, é ficar cobrando passo a passo. Deixa o sujeito tomar a cerveja dele e tome a sua. Rolou uma situação exagerada? Conversa. E o papel de censura? Lição de moral? Pelo AMOOOOR, controla a ansiedade. E o último: caras e bocas, não fique cercando os movimentos do outro.

Voltando a minha experiência? Perdia a leveza da ocasião e tinha que deixar de aproveitar o momento para prestar atenção no que o fulaninho queria dizer com tantos olhares.

Vai lá, calça o tênis e transite por ai, renuncie o controle.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s